Organização sindical dos docentes e das docentes da UFMS

Novos diretores e diretoras empossados(as) em reunião da direção da ADUFMS-Sindicato

Imprimir

9 de abril de 2018

Novos diretores participaram da primeira reunião da ADUFMS e ficaram por dentro das ações desenvolvidas pela entidade
Diretores eleitos cumprirão mandato de até um ano devido a prorrogação da eleição em função da migração para o ANDES-Sindicato

As/os novas/os diretora/es da ADUFMS-Sindicato foram empossadas/os segunda-feira 9 de abril. Os nomes receberam homologação em assembleia geral no dia 4 de abril, realizada em Campo Grande, Aquidauana, Corumbá, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

Os/as novos/as integrantes da direção do Sindicato  são Antonio Firmino de Oliveira Neto (Divulgação e Imprensa); Milton Augusto Pasquotto Mariani (Formação e Relações Sindicais); Késia Caroline Ramires Neves (Políticas Educacionais); Silvana Alves da Silva Bispo (como diretora da entidade no Câmpus de Três Lagoas) e Carlos  Martins (como diretor da entidade no Câmpus Aquidauana). Todos cumprirão mandato de até um ano, conforme deliberação aprovada em assembleia, prevendo a transição da ADUFMS-Sindicato para a seção Sindical do ANDES-SN.

A reestruturação visa o fortalecimento da nova direção. Supre a ausência de diretores que pediram afastamento para tratamento médico, transferência ou afastamento para a conclusão de pós-graduação ou pós-doc. Para garantir a lisura e autonomia na escolha, a direção publicou edital com antecedência legal, disponibilizando as vagas para todos os associados interessados.

Na primeira reunião com os novos diretores, a presidenta da ADUFMS fez explanação das ações desenvolvidas pela entidade, como a democratização das decisões administrativas e pedagógicas na UFMS, respeito às instâncias e aos trâmites legais e estatutários dentro da instituição, o pedido de entrega do prédio da seção sindical de Aquidauana por parte da Administração, em fase de negociação, a participação ativa da entidade na realização da Conferência Nacional Popular de Educação (CONAPE), a luta contra as reformas do Governo Temer, as campanhas contra a Lei da Mordaça, as ações judiciais movidas pela assessoria jurídica da entidade.

Assessoria de Imprensa da ADUFMS-Sindicato