Atividades do Dia da Trabalhadora e do Trabalhador em MS começam nesta segunda-feira 30

01 jan, 1970 Adufms

Professores recebem homenagem em celebração ao centenário de Paulo Freire





Uma série de atividades do Dia da Trabalhadora e do Trabalhador acontece em Mato Grosso do Sul este ano. As ações visam a fortalecer ainda mais as categorias do mundo do trabalho, entre elas o funcionalismo do Estado Nacional. “O governo federal se nega a negociar qualquer reajuste aos servidores públicos da União. Além disso, ameaça retirar direitos históricos. Não podemos ficar parados. Nossa mobilização e nossa unidade são nossa força. Por isso venha manifestar seu descontentamento junto com os colegas e nossos sindicatos”, reforça o convite à participação de todas e de todos.

Em relação ao serviço público federal, a programação enfatiza quatro pontos de luta: “reajuste salarial, já!; revogação da terceirização; cancelamento da reforma trabalhista e da EMC (Emenda Constitucional) 95/2016 que congela o orçamento público por vinte anos; ampliação da participação do governo no custeio dos planos de saúde, contra a reforma da Previdência.”

Em Campo Grande, na Esplanada Ferroviária (perto da Feirona) haverá ato unificado em defesa dos direitos dos/as trabalhadores/as e da democracia nesta segunda-feira 30 de abril a partir das 18 horas, com apresentações artísticas: Muchileiros, João Lucas & Walter Filho, Eco do Pantanal, Juci Ibanez, Los Divinos – Paulo e Geraldo, Teatro Imaginário Maracangalha e Zezinho do Forró. Organizam, promovem e apoiam o ato unificado entidades como

ADUFMS-Sindicato

, Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (

Fetems

),  Sindicato dos Trabalhadores Públicos




Federais em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social no Estado de Mato Grosso do Sul (

SINTSPREV/MS

), Sindicato dos Trabalhadores nos Correios, Telégrafos e Similares de Mato Grosso do Sul (

Sintect-MS

),  Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul (

Sinpol-MS

), Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Pública (

ACP

), Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Campo Grande – MS (

Sintracom

), Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (

CTB

), Central Única dos Trabalhadores Mato Grosso do Sul (

CUT-MS

), Nova Central Sindical de Trabalhadores (

NCST

) e União Geral dos Trabalhadores (

UGT

).  A Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul (

Cassems

), a

Frente Brasil Popular

, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (

MST

) e a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Mato Grosso do Sul (

Fetagri-MS

) também fazem parte dessa parceria.

A programação segue nesta terça-feira 1º de maio no capital sul-mato-grossense e no interior. Em Campo Grande, na Associação Colônia Paraguaia (rua Ana Luísa de Souza, 610, bairro Pioneiros) haverá ato público do Dia da Trabalhadora e do Trabalhador, às sete horas, organizado pela

Frente Brasil Popular

, com apoio da

CUT-MS

; atos esportivos e políticos no Pagode das/os Bancárias/os, das 8 às 13 horas, no Clube das/os Bancárias/os (rua Caldas Aulete, bairro Coopharádio), organizado pelo Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Campo Grande-MS e Região (

SEEBCG-MS

); Feijoada do/a Trabalhador/a no Bar Valu (rua Treze de Maio, 4541, bairro São Francisco, a partir das 11 horas), organizada pelo Partido Comunista do Brasil (

PCdoB

).

No interior de Mato Grosso do Sul estão programados para esta terça-feira (1º de maio) eventos do Dia da Trabalhadora e do Trabalhador. Em Corumbá acontece ato internacional na fronteira Brasil-Bolívia, a partir das 9h30min, com organização da

CUT-MS

e da Central Obrera Boliviana (

COB

).

Na quarta-feira 2 de maio às 19h30min a Professora Doutora Priscila Scudder fará a palestra “Autoritarismo institucional e o desmonte da democracia no Brasil”, no

Simted

em Aquidauana, rua João Dias, 858, Bairro Alto. O evento está sendo organizada pela

ADUFMS-Sindicato (direção de Aquidauana)

com apoio do Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação de Aquidauana-MS (

Simted

).



Assessoria de Imprensa da ADUFMS-Sindicato

Compartilhe: