Docentes e estudantes cobram transparência da Reitoria da UFMS

08 jun, 2015 Adufms

Professores recebem homenagem em celebração ao centenário de Paulo Freire


DSC00704



DSC00648


Mesmo com a direção da UFMS disponibilizando no

site

da instituição o relatório de cortes previstos, há mais de 40 dias solicitado oficialmente pela

ADUFMS-Sindicato

e o Comando de Greve, o ato “Abra as contas, reitora!” aconteceu na manhã desta quinta-feira 6. A atividade foi proposta pelo Andes-SN (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior), simultaneamente, em mais de 40 seções sindicais do país que representam docentes em greve.

Em Campo Grande, os/as docentes da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul se concentraram em frente à Reitoria, distribuíram panfletos explicativos aos/às motoristas e transeuntes, além de manifestar a insatisfação diante da falta de diálogo na elaboração dos cortes na instituição, em função dos amargos ajustes de conta do governo federal.

Os/as manifestantes não foram recebidos/as pela reitora Célia Maria Silva Correa Oliveira ou qualquer outra pessoa da administração. O prédio da Reitoria estava vazio, evacuado, sob a alegação de dedetização do ambiente.

O ato contou com a
DSC00670

participação de representantes dos

campi

do Pantanal (CPAN, Corumbá) – como as professoras Anamaria Santana da Silva, Cláudia Elizabete da Costa Moraes Mondini e o professor Ronny Machado de Moraes – e Três Lagoas, professor Vitor Wagner Neto de Oliveira, da

ADLeste

.

Em entrevista concedida à imprensa durante ato, os/as representantes do Comando de Greve dos Docentes da UFMS consideraram um avanço a disponibilização do relatório de contas pela administração, no entanto, criticaram duramente a falta de discussão da medida em colegiados, como o Conselho Universitário (Coun). “Mais uma vez acompanhamos um pacote feito por técnicos das pró-reitorias sem participação de outros representantes e das entidades da comunidade universitária”, afirmou o diretor financeiro da

ADUFMS-Sindicato

, Marco Aurélio Stefanes.

Os estudantes da UFMS convidados pelo Diretório Central dos Estudantes também participaram do ato, além da democratização na formulação das contas da universidade, reivindicaram a liberação de recursos para Bolsa Permanência e de iniciação científica, ampliação do RU, oferta de Creches para estudantes, professores, técnicos e trabalhadores terceirizados e mais recursos para educação.

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1660773364169566.1073741847.1657144674532435&type=3&uploaded=41

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1660773364169566.1073741847.1657144674532435&type=3&uploaded=41



Assessoria de Imprensa da ADUFMS-Sindicato

Compartilhe: