Evento da ADUFMS-Sindicato em comemoração ao Dia do Professor e da Professsora reune mais de 200 pessoas 

01 jan, 1970 Adufms

Professores recebem homenagem em celebração ao centenário de Paulo Freire







Confira mais de 400 imagens da festa. Clique sobre as fotos deste texto

(Fotos: Ernesto Franco)


A festa comemorativa ao Dia do Professor e da Professora no Buffet Romeu e Julieta reuniu mais de 200 [email protected] na sexta-feira (19-10) em Campo Grande.




Com música, o cardápio de entrada foi liberado nas primeiras horas. Docentes [email protected] e [email protected] aproveitaram a ocasião para conversar, rever [email protected] [email protected] e falar sobre o momento pelo qual passa o Brasil.


[email protected] ao som da Banda Lilás, @s presentes dançaram até a madrugada de sábado, [email protected] por gêneros musicais, como MPB, rock, bolero e sertanejo universitário.

A presidenta da



ADUFMS-Sindicato



,


Mariuza


Aparecida Camillo Guimarães, fez a saudação inicial. A sindicalista reafirmou a disposição da


entidade em


defender os interesses da categoria e da universidade pública.

O clima da polarização política se expressou no evento. O professor Paulo Cesar Duarte


Paes


, representante do Sindicato no Conselho Universitário da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (


Coun-UFMS


), pediu a palavra para alertar todo a categoria sobre o projeto de destruição da universidade pública.

O mesmo alerta foi dado pelo diretor de Assuntos de Aposentadoria da

ADUFMS

,


Oswaldo Rodrigues.


O filiado não se intimidou e pediu votos para o candidato Haddad, na sua opinião o mais preparado para governar o Brasil e compromissado com a universidade pública, gratuita. Recebeu aplausos, acenos de lenço vermelho,  mas também vaias de um grupo que reagiu, contestando a posição do docente.

As bebidas foram servidas à vontade. Um



barman



serviu bebidas artesanais.


Assessoria de Imprensa da ADUFMS-Sindicato

Compartilhe: