Live’ com participação de docentes da UFMS expõe intenção de implantar aulas ‘online’ em tempos de coronavírus

05 nov, 2020 Adufms

Professores recebem homenagem em celebração ao centenário de Paulo Freire

Modelo adotado pela UFMS na pandemia aprofunda exclusão e impede efetivação de modelos diferenciados de ensino; pedagogia de alternância da Educação do Campo fica bastante prejudicada com as atividades remotas

⇶ A DIRETORA da ADUFMS Seção Sindical ANDES Sindicato Nacional no Câmpus de Três Lagoas da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (CPTL-UFMS), professora Mariana Esteves de Oliveira, analisou que a adesão ao trabalho online em substituição às aulas presenciais vem ao encontro da política neoliberal para a educação.

A live EaD na pandemia: crise na educação superior, transmitida na sexta-feira 8 de maio pelo Coletivo  Andes em Luta (Cael), contou também com a participação do professor Tarcísio Luiz Pereira, do Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado) do CPTL-UFMS, e do professor Raphel Furtado, da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).


Para Mariana Esteves, a aceitação de imposições de aulas programadas a distância tem o caráter meramente mecanicista e conteudista que despreza a reflexão no processo de produção do conhecimento, além de desestruturar o tripé ensino, pesquisa e extensão, pilares da universidade, previstos constitucionalmente.


A docente ressaltou que o modelo adotado pela UFMS na pandemia aprofunda a exclusão e impede a efetivação de modelos diferenciados de ensino como a Pedagogia da Alternância do Curso de Licenciatura da Educação do Campo.

O professor Raphael Furtado disse que, além da exclusão no modelo eadista, o repasse de informações de poucos para muitos impede a interação discente-docente, pois apresenta baixo nível de integração, não possibilita a troca de conhecimento em razão de limitações dos chats e cerceia a possibilidade de autonomia do processo pedagógico.

Veja na íntegra

EaD na pandemia: crise na educação superior – Cael 

Assessoria de Imprensa da ADUFMS Seção Sindical ANDES Sindicato Nacional

Compartilhe: