Nota da ADUFMS-Sindical: “Operação Sangue Frio”

01 jan, 1970 Adufms


A ADUFMS-Sindical, sindicato das universidades federais brasileiras de caráter intermunicipal, dos municípios de Campo Grande, Corumbá, Três Lagoas, Aquidauana, Ponta Porã, Naviraí, Coxim, Chapadão do Sul, Nova Andradina, Paranaíba e Bonito, entidade representativa dos professores da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), diante dos fatos noticiados pela imprensa local e nacional e que estão sendo investigados pela Polícia Federal (PF), Ministério Público Federal (MPF), Controladoria-Geral da União (CGU) e pelas CPI’s da Câmara Municipal de Campo Grande e da Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul, no contexto da “Operação Sangre Frio” informa aos seus associados e a comunidade em geral que vem acompanhando atentamente os desdobramentos das investigações e dos processos administrativos disciplinares que envolvem servidores da UFMS, citados na referida operação.

Lamentamos profundamente os acontecimentos que afetam a imagem da UFMS junto à sociedade e que agridem a moral e os princípios éticos no trato da coisa pública. Também sintonizados com a grande mobilização de massa e do grito que emana da população brasileira que reivindicam, principalmente, mudanças na política brasileira frente à necessidade de maiores investimentos à educação e saúde, o combate à corrupção, a reforma política e, sobretudo, pelo fim da impunidade afirmamos nossa irrestrita solidariedade.


Diretoria da ADUFMS-Sindical

Compartilhe: