Nota de pesar (pela morte da professora Dra. Deisy Lúcia Alexandrino)

12 jan, 2022 Nota

Professores recebem homenagem em celebração ao centenário de Paulo Freire

Com profundo pesar, a ADUFMS se solidariza com familiares, colegas e amigos/as da professora Dra. Deisy Lúcia Alexandrino Santos, que atuou na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) por seis anos, e faleceu no último sábado (8 de janeiro), após um deslizamento da encosta da Serra da Moeda, em Brumadinho/MG. Deisy era irmã da professora Dra. Maria Angélica Cardoso, lotada na Faculdade de Educação (FAED/UFMS), à qual estendemos nossa solidariedade.

Também lamentamos as mortes de seu esposo, Henrique Alexandrino dos Santos, dos filhos Vitor e Ana, além de Geovane Ferreira Vieira – que conduzia o veículo onde estavam Deisy e sua família. Os corpos foram encontrados apenas na terça-feira (11). A professora atuou no curso de Agronomia, no campus da UEMS de Aquidauana.

Deisy era graduada em Agronomia pela Universidade Federal de Lavras (UFLA), mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) e doutorado em Genética e Melhoramento de Plantas, também pela UENF. Na UEMS, pesquisava Conservação da Flora Pantaneira.

Destacamos o papel que a negligência do poder público em relação à segurança das estradas, ao planejamento urbano e à proteção ambiental tem em tragédias como a que vitimou Deisy e sua família. Uma política pública comprometida com a prevenção e a proteção real da população evitaria casos como este.

Desejamos, a todos/as que conviviam e que tinham carinho por Deisy, forças e serenidade para enfrentar o luto. Estendemos nossas condolências à UEMS, que perde uma profissional comprometida com a pesquisa.

Compartilhe: