Organização sindical dos docentes e das docentes da UFMS

plC 257

ADUFMS-Sindicato promove palestra que trata do SUS e o papel da EBSERH

A ADUFMS-Sindicato realiza nesta segunda-feira, às 13h30, no auditório II do Multiúso, o II Seminário de Formação Sindical, com a palestra o Processo de Privatização da Saúde no Brasil II: A questão do SUS e da Ebserh. A participação é aberta a todos os(as) cidadãos (ãs) interessados (as)  no fortalecimento do Sistema Único de Saúde e as consequências na qualidade de ensino e atendimento,  na transição gestão do Hospital Universitário para a EBSERh

Estão convidados (as) para debater a questão  Tadeu Baptista Soares , graduado em Medicina pela Universidade Federal Fluminense (1984),  médico clínica médica da Universidade Federal Fluminense e professor assistente do mmc da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Medicina Clinica e Emergência. Possui graduação em Direito, exercendo a advocacia na área do Direito Médico. Estudante do Curso de Filosofia da UFF. Mestrando de Justiça Administrativa e Saúde Coletiva, na Faculdade de Direito da UFF; Estela Márcia Rondina Scandola,  graduada em Serviço Social pela Universidade Católica Dom Bosco (1983), especialista em saúde do trabalhador e psicologia social, mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2000) e doutorado em Serviço Social pelo ISCTE-IUL.  É professora e pesquisadora da Escola de Saúde Pública e da Universidade Católica Dom Bosco, feminista, militante de direitos humanos, atua principalmente nas temáticas dos direitos e diversidades, saúde do trabalhador, tráfico de pessoas e participação popular;  Cleodete Candida Gomes – graduada em Enfermagem pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2005) e pós-graduação em Enfermagem em Nefrologia pela Faculdade de Enfermagem Luíza Marillac/RJ (2009).  É enfermeira da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem Pediátrica.  Atua diretamente com pacientes renais crônicos no Programa de Diálise Peritoneal Contínua .

O II Seminário acontece no momento em que tramita no Congresso  os pacotes de medidas previstas na PEC 241 e o PLC 257, o último aprovado na semana  passada.  Ambas as iniciativas  apontam para a terceirização da saúde, redução de verbas à educação, engessamento do orçamento público, com o consequente fortalecimento da política do desmonte do serviço público. Recentemente o presidente interino, Michel Temer, criou a comissão especial  trabalho  para estudar a implantação do Plano Popular de Saúde.  A medida fere  o princípio constitucional de gratuidade e universalização do SUS.

Já a EBSERH  cria o atendimento diferenciado aos usuários: os que tem plano de saúde e em segundo plano os dependentes do SUS.  Na avaliação de Tadeu Baptista , a  EBSERH  visa lucro,  logo entra em conflito com os objetivos de ensino nos cursos de saúde, com destaque para o tempo de atendimento e classificação no atendimento.  Para o médico, a lógica implantada segue o desmonte da saúde dentro das orientações do banco mundial,  que resume a função do ao atendimento básico na saúde e na educação.

Assessoria de imprensa da ADUFMS

Postado em Sem categoria Tag , , , ,