Organização sindical dos docentes e das docentes da UFMS

professor

Nota de pesar pelo falecimento do professor Roberto Ortiz Paixão

Foto reproduzida do site da UEMS (<http://www.uems.br/noticias/detalhes/nota-de-falecimento-123144>)

A ADUFMS-Sindicato comunica, com pesar, o falecimento do professor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Roberto Ortiz Paixão, ocorrido nesta sexta-feira 9 pela manhã. Roberto fazia tratamento contra câncer. Seu corpo está sendo velado na capela do Cemitério Memorial Park em Campo Grande, rua Francisco dos Anjos, s/n (pela avenida Senador Filinto Müller, no sentido centro-bairro, à esquerda), bairro Santa Branca. O sepultamento será neste sábado 10 de fevereiro às 8h30min no Memorial Park.

O docente atuou nos cursos de Licenciatura Plena em Geografia, Bacharelado em Geografia e do Mestrado Profissional em Educação, na Unidade Universitária da UEMS em Campo Grande. Segundo nota da UEMS, Roberto era “coordenador do Grupo de Estudo em Fronteira, Turismo, Território (Gefronter), articulador da Rede Universitária da Rota de Integração Latino-Americana (UniRila)”.

Em 1994 graduou-se em Licenciatura e Bacharelado em Geografia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Em 1999 defendeu a dissertação O lixo urbano de Aquidauana-MS: diagnóstico, aspectos não-técnicos e medidas mitigatórias, no Mestrado em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo (USP). Cursou Doutorado em Geografia Humana na USP. A pesquisa para doutoramento resultou na tese Globalização, turismo de fronteira, identidade e planejamento da região internacional de Corumbá/MS (2006).  Publicou textos científicos em periódicos e anais de congresso. A parceria de Roberto com outros pesquisadores rendeu capítulos em livros organizados (obras coletivas), além de o geógrafo lançar, pela editora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), o livro Turismo de fronteira – identidade e planejamento de uma região (2006).

De acordo com a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, “Roberto começou a lecionar Geografia em 1997, numa escola rural em Corumbá. Em 2004, entrou para a UEMS, primeiro em Dourados e depois seguindo para Jardim. Em 2010, assumiu a coordenação do curso de Licenciatura em Geografia da UEMS de Campo Grande”.

O professor Roberto deixa sua companheira Maria Helena da Silva Andrade, professora da UFMS, e o filho Pablo de Andrade Paixão. “Toda despedida é dor… tão doce todavia, que eu te diria boa noite até que amanhecesse o dia”, frase de William Shakespeare, postada por Maria Helena no facebook. Acrescentou a companheira de Roberto: “Comunico, já com saudade, que meu companheiro Roberto Ortiz Paixão alçou seu voo rumo à Eternidade, onde dor e sofrimento são palavras desconhecidas.”

Postado em Destaque com foto Tag , , , , ,

Nota de pesar pelo falecimento do professor Liel Trindade de Vargas

A ADUFMS-Sindicato comunica com pesar o falecimento de Liel Trindade de Vargas, professor aposentado da Faculdade de Odontologia (Faodo) da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Liel faleceu na madrugada da quarta-feira 3 de janeiro de 2018, aos 81 anos de idade, no Hospital do Coração em Campo Grande, em decorrência de complicações como pneumonia pós-cirurgia neurológica, trombose e insuficiência renal aguda. Foi sepultado no mesmo dia de sua morte.

Empresário e pecuarista, o professor de Dentística se aposentou de suas atividades acadêmicas em 1996. Era filiado à ADUFMS-Sindicato.

Liel deixou duas filhas – Sandra de Lima Vargas Simões, Susane de Lima Vargas – e três filhos (Yuri Jacks Trindade Vargas, Hélio Henrique Neto e Candido de Lima Vargas), além da companheira Maria Aparecida Henrique.

Aos familiares, amigos e amigas nossas condolências.

Postado em Destaque com foto, Sem categoria Tag , , , , , ,

ADUFMS-Sindicato se reúne com docentes da UFMS no Câmpus de Coxim

A presidenta e o diretor financeiro da ADUFMS-Sindicato – professora Mariuza Aparecida Camillo Guimarães, professor Fábio Henrique Viduani Martinez – reuniram-se com docentes da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) no Câmpus de Coxim (CPCX) na última sexta-feira 6 de outubro.

O encontro teve participação do professor Marco Aurélio Stefanes, integrante do Núcleo de Comunicação do Sindicato. Stefanes também representa a ADUFMS-Sindicato no Conselho Universitário (Coun) da UFMS. A reunião em Coxim faz parte de um conjunto de ações desenvolvidas pelo Sindicato a fim de aproximar a entidade aos/às docentes e ouvir demandas.

A presidenta da ADUFMS-Sindicato, Mariuza Aparecida Camillo Guimarães, expôs a docentes do CPCX as atividades desenvolvidas pela entidade. Entre elas, mobilizações contra as reformas do governo federal, participação nas manifestações que pediram Fora Temer e Diretas, já! em Brasília, em 2016 e em maio deste ano, sob forte repressão da Polícia Militar.

Foram produzidos materiais informativos referente aos impactos das reformas sobre as/os servidoras/es públicas/os e cartilhas, organizados seminários de formação sindical, palestras  e diversas outras ações em resistência às medidas que claramente ou nas entrelinhas retiram direitos da classe trabalhadora.

Para Mariuza Aparecida, é muito importante que haja proximidade do Sindicato com a categoria. “A visita a Coxim foi extremamente importante. Esclarecemos as/os nossos colegas sobre tudo o que vem acontecendo nas nossas lutas, nos nossos debates com relação à retirada de direitos e também ouvimos as/os docentes para que possamos redirecionar as nossas ações ao encontro daquilo que a categoria espera, em especial as demandas internas. Essa é uma proposta da diretoria de estar fazendo a vista in loco [no próprio local]. Nós estamos cumprindo. Já realizamos atividades em todos os campi e também em algumas unidades de Campo Grande [Cidade Universitária], e daremos prosseguimento a essa ação que entendemos ser salutar para estreitar as relações entre a diretoria do sindicato e os/as sindicalizadas/os.”

Sobre o contexto da reforma da Previdência, o professor Marco Aurélio Stefanes (foto) apresentou estudos da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip) e do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) como ferramentas importantes para que as/os servidoras/es sejam esclarecidas/os acerca da dívida pública e do orçamento da União de forma transparente. O professor Fábio Henrique Viduani Martinez explanou aos docentes do CPCX sobre o ajuste na tabela salarial no mês de agosto deste ano, e a suspensão desse procedimento, previsto em lei pelo Governo Federal, para o ano de 2018.

Assessoria de Imprensa da ADUFMS-Sindicato

Postado em Destaque com foto Tag , , , , , , , , ,